China instaura investigação contra FedEx

0
594
FILE - In this Nov. 5, 2018, file photo, a man dressed as a pilot walks past the FedEx booth during the China International Import Expo in Shanghai. China's state media said Saturday, June 1, 2019, that the country is investigating FedEx after it diverted packages sent by Chinese tech giant Huawei. (AP Photo/Ng Han Guan, File)

O governo chinês anunciou no dia 1º de junho que instaurou uma investigação contra a empresa de entrega norte-americana FedEx, em função da empresa prejudicar seriamente os direitos e interesses legítimos de clientes e violar os regulamentos chineses do setor de entrega.

No dia 24 de maio, a FedEx transferiu para os EUA dois pacotes que a empresa chinesa Huawei enviou do Japão para a China. Também tentou mudar para os EUA outros dois pacotes que Huawei mandou do Vietnã para seu escritório em outro país asiático. A FedEx justificou a ação por “erros”, insistindo que não foi pressionada pelo exterior. Será a ação da FedEx, parceiro de cooperação da empresa Huawei, uma mera coincidência ou foi feita sob a “jurisdição” do governo norte-americano?

De acordo com a regulação do setor de entregas, a empresa deve garantir a liberdade de comunicação de remetentes, não podendo enviar incorretamente, esconder, abrir ou transferir para outros. As autoridades concernentes chinesas já conversaram seriamente com a FedEx e decidiram instaurar uma investigação contra a empresa.

A China já estabeleceu uma lista de entidades não confiáveis e adotará medidas necessárias sobre as entidades incluídas. A investigação contra a FedEx é um alerta para outras empresas que não obedeçam as leis e regulamentos chineses.

Tradução: Laura

Revisão: Diego

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor digite o seu nome