Comentário: Crescimento estável do comércio exterior da China mostra resiliência da economia

0
15

Segundo os dados publicados pela Administração Geral das Alfândegas da China, nos primeiros oito meses deste ano, o valor total de importação e exportação de mercadorias do país chegou a 20,13 trilhões de yuans, um aumento de 3,6% em relação ao mesmo período do ano passado. O comércio exterior da China mantém um crescimento estável no contexto da desaceleração do comércio exterior no mundo inteiro, uma consequência do impacto causado pelo unilateralismo e protecionismo.

O comércio exterior da China continuou a melhorar sua estrutura, passando para o topo da cadeia industrial. De janeiro a agosto, o comércio dos produtos com um valor agregado mais alto aumentou 5,4%, representando 60% do total. Ao mesmo tempo, as indústrias de capital e tecnologia intensiva passam a ser as principais na exportação. Por exemplo, a exportação de produtos mecânicos e elétricos acrescentou 5,6%, sendo 57,9% do total.

Os mercados de importação e exportação da China estão se tornando cada dia mais diversificados. Nos primeiros oito meses, comércios com a UE, a Asean e o Japão registraram crescimentos respetivos de 9,7%, 11,7% e 0,7%. A taxa de crescimento da importação e da exportação com os países ao longo do Cinturão e Rota é 6,3% a mais do que a média.

A economia privada está desempenhando um papel maior no crescimento do comércio exterior da China. De janeiro a agosto, a importação e a exportação de empresas privadas chinesas tiveram um acréscimo de 11,2% em comparação com o mesmo período do ano passado, representando 42,2% do total.

É importante ressaltar que a exportação da China aos EUA reduziu 3,7% nos primeiros oito meses, enquanto a importação dos EUA decresceu 23,5%. Esta grande lacuna mostra que os produtos norte-americanos são mais substituíveis. O superavit comercial da China com os EUA expandiu 7,7%, chegando a 1,33 trilhões de yuans. O fato prova que o aumento tarifário não ajuda na solução do problema.

O comércio exterior mensal da China permaneceu acima de 2,5 trilhões em cinco meses consecutivos, demonstrando a resiliência da economia do país. O desenvolvimento estável do comércio exterior beneficiará as empresas a acelerarem a inovação, aumentarem o valor agregado dos produtos e a taxa produtiva, a fim de reforçar a capacidade de resistência a riscos. Sem se importar com o quão ruim o ambiente externo esteja, a economia chinesa progredirá em direção ao desenvolvimento de alta qualidade.

Tradução: Florbela Guo

Revisão: Gabriela Netto

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor digite o seu nome