Trama de ex-jornalista britânico não é nem um pouco inovadora, afirma porta-voz chinês

0
77

Não há trabalho forçado de prisioneiros estrangeiros na prisão Qingpu em Shanghai, afirmou na segunda-feira (23) o porta-voz da Chancelaria chinesa, Geng Shuang, na coletiva de imprensa regular.

Peter Humphrey, ex-jornalista britânico que cumpriu pena de prisão na China, publicou um artigo no jornal Thames, no qual ele afirmou que uma menina de seis anos em Londres encontrou uma mensagem dentro de um cartão de Natal comprado no supermercado Tesco. A mensagem falava sobre o trabalho forçado de prisioneiros estrangeiros na prisão de Qingpu.

Geng Shuang afirmou que isso é apenas um drama coreografado por Peter Humphrey. Segundo o porta-voz, de vez em quando, Peter Humphrey aparece nos holofotes com uma manchete ou duas preocupado que as pessoas possam esquecê-lo, mas sua trama mais recente não é nem um pouco inovadora. Geng Shuang sugeriu que, se ele quiser atrair mais a atenção do público, deve pelo menos inventar algum truque novo.

tradução: Shi Liang

revisão: Erasto Santos Cruz

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor digite o seu nome