EUA e aliados da OTAN discordam sobre aumento de gastos militares

0
237

Os líderes dos países-membros da OTAN discordaram sobre o aumento de gastos militares em uma reunião de emergência realizada na quinta-feira (12) em Bruxelas.

Após a reunião, o presidente dos EUA, Donald Trump, disse que seus aliados da OTAN concordaram em aumentar significativamente os gastos militares e cumprir mais rapidamente a meta de que seus gastos militares respondam por 2% do PIB. Todavia, os outros líderes, como o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, disseram que eles não chegaram a esse consenso.

O objetivo principal da participação de Trump na cúpula da OTAN é convencer os demais membros da OTAN a aumentar os gastos com defesa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor digite o seu nome