Comentário: China precisa de maior abertura para realizar desenvolvimento de alta qualidade

0
160

Na Conferência em Comemoração pelo 40º Aniversário da Reforma e Abertura, realizada no dia 18 deste mês, o presidente chinês, Xi Jinping, reiterou que a ampliação da abertura tem significado especial para o desenvolvimento de alta qualidade da China.

40 anos atrás, a China ainda era um país semi-fechado e seu comércio estava em 29º lugar do mundo. Em dezembro de 1978, o Comitê Central do Partido Comunista da China decidiu iniciar a reforma e a abertura. Devido a esta política fundamental, a China se tornou o maior parceiro comercial de 120 países e regiões, o segundo maior destino de investimento e a maior origem de investimento. Além disso, o PIB do país em 2017 cresceu 33,5 vezes em comparação à cifra de 1978, registrando um crescimento anual de 9,5%, muito maior do que a média mundial de 2,9%.

A abertura também é uma palavra frequentemente mencionada pelo líder chinês. Neste ano, em várias ocasiões, o presidente chinês, Xi Jinping, transmitiu um sinal claro, correto e firme, que de que a China nunca vai parar seu passo de abertura.

Sem dúvida, a construção da iniciativa Cinturão e Rota é uma plataforma importante para a China realizar seu desenvolvimento de alta qualidade. Nos últimos cinco anos, o volume de comércio entre a China e os países ao longo do Cinturão e Rota já passou dos US$ 5 trilhões, e o país asiático investiu US$ 60 bilhões nesses países, além de criar 200 mil empregos. A construção da iniciativa Cinturão e Rota, que tem como objetivo o ganho mútuo, não só corresponde ao plano de reforma e abertura de longo prazo, mas também promove o estabelecimento da Comunidade de Futuro Compartilhado da Humanidade.

Tradução: Xia Ren

Revisão: Keila Cândido

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor digite o seu nome