Peng Liyuan participa da sessão da UNESCO sobre educação de mulheres

0
258

Peng Liyuan, esposa do presidente chinês Xi Jinping, participou na terça-feira de uma sessão especial sobre a educação das meninas e mulheres em Paris na sede da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO, na sigla em inglês).

Na sessão, algumas laureadas do Prêmio da UNESCO para a Educação das Meninas e Mulheres deram observações breves sobre seu entendimento e promoção do empreendimento.

Peng Liyuan, uma enviada especial da UNESCO para a promoção da educação das meninas e mulheres, apreciou os esforços feitos pela UNESCO e pelas vencedoras do prêmio, e compartilhou as práticas bem-sucedidas da China a este respeito.

Em uma revisão de seu trabalho neste campo nos últimos cinco anos, Peng Liyuan se referiu especialmente ao Projeto do Botão da Primavera, um programa lançado pelo Fundo das Crianças e Adolescentes da China para ajudar as meninas que abandonam os estudos a retornarem à escola e melhorar as condições de ensino em áreas empobrecidas.

Ela enfatizou que a promoção da educação das meninas e mulheres é uma causa grandiosa que merece atenção, apoio e devoção de mais pessoas.

O conhecimento e habilidades são duas grandes forças que podem mudar as vidas das mulheres, e com uma educação igual e de qualidade, todas elas têm a oportunidade de ser excelentes, acrescentou Peng Liyuan.

Ela disse que a China continuará a apoiar a UNESCO em organizar o prêmio, e ajudar a autorizar mais crianças e mulheres a abraçar um futuro mais brilhante com oportunidades e plataformas para a cooperação educacional internacional criadas pelo desenvolvimento conjunto do Cinturão e Rota.

A diretora-geral da UNESCO Audrey Azoulay disse que quase 130 milhões de meninas estão fora da escola em todo o mundo, e que as mulheres representam dois terços dos 750 milhões de analfabetos no mundo.

Promover a educação das meninas e mulheres é uma importante parte da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e um foco da UNESCO, acrescentou Azoulay.

O órgão da ONU, disse ela, admira muito os avanços notáveis realizados pela China nesta causa e aprecia a contribuição destacada de Peng Liyuan.

Em uma reunião com Azoulay antes da sessão especial, Peng Liyuan disse que a China apoia firmemente o trabalho da UNESCO e da diretora-geral, e espera que os dois lados continuem aprofundando conjuntamente a cooperação para promover a paz e a prosperidade mundiais assim como o progresso da civilização humana.

Azoulay disse que a China fez grandes avanços nos últimos 70 anos, incluindo progressos no desenvolvimento da educação e dos assuntos de mulheres.

A UNESCO valoriza altamente a cooperação com a China e o apoio da China é de grande importância sob atuais circunstâncias, disse.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor digite o seu nome